domingo, 21 de setembro de 2014

Amor romântico

Arte de Marsoalex - Poeta - RJ
Amor romântico
 
Amor romântico,
Guardado anos e anos
Em canteiros floridos.
Germinado em pores de sois,
Em luares azuis,
Em lagunas cristalinas,
Nas reminiscências da memória.
 
Nos desencontros da vida,
Em rotas distantes,
O condor voava,
Porto em porto.
E o amor suspirava,
Na combustão da alma,
Túrgida de sonhos.
 
No esgoto do tempo,
A vida corre e envelhece
A matéria que caminha
No labor da sobrevivência.
No fim do sonho juvenil,
Volto a te encontrar
No quarto crescente
Da minha vida e, agora,
Posso te chamar de amor.
 
Edith Lobato – 27/07/14

20 comentários:

  1. Como você bem disse "a vida corre e envelhece", então não deixemos de amar nunca.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Teca. Ainda vou listar os blogs que sigo e o seu está na minha lista.Bjs

      Excluir
  2. Respostas
    1. Obrigada, Jorge. Que bom receber tua leitura. Feliz semana.

      Excluir
  3. Eu adoro quando as pessoas falam de amor. Se a boca fala do que o coração está cheio mesmo, então o mundo ainda tem, conserto ;)

    beijoo'o

    http://flores-na-cabeca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Simone por tua leitura. Lindo dia.

      Excluir
  4. Lindo lindo!!
    Deixo o meu carinho

    Obrigada pela sua visita

    beijokas

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por teu carinho e leitura, Cidália. Bjs

      Excluir
  5. Maravilhoso poema, Edith
    Mesmo quando já ultrapassámos a juventude... impõe-se continuar a sonhar e a viver o Amor.

    Um beijo
    Miguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Miguel. Obrigada por tua leitura. Abraços.

      Excluir
  6. Há sempre uma vontade acesa em nós de ler e escrever sobre o amor, sentimento que é tema predilecto de quase todos os poetas, e que por muito que se escreva sobre ele, há sempre algo de maravilhoso que tratamos com ledo cuidado. Bjinho bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e isto é uma constante em nosso curso de vida. Obrigada pela leitura. bjs

      Excluir
  7. OI EDITH!
    SE NA JUVENTUDE NÃO HOUVE COMO VIVENCIAR ESTE GRANDE AMOR, A MATURIDADE DA VIDA LHE SERÁ PROPÍCIA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Zilane, pelo comentário e leitura. Adorei tua visita. Bjs

      Excluir
  8. Boa tarde, Poema maravilhoso, as nuvens correm, alteram-se (envelhecem), mas nunca deixam de ser nuvens.
    AG

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela leitura, Existe Sempre um Lugar. Bjs

      Excluir
  9. Lindo amor e poesia! Obrigadão pela visita! bjs, chica

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, leitura e comentário. É um prazer tê-lo em Sons do Coração. (Edith Lobato)