domingo, 9 de novembro de 2014

Amor

Arte de Safira Saldanha
 Amor
 
Amor quando me deito a tua imagem,
ressurge sedutora em minha mente.
Fechando os olhos vou nessa viagem,
sorver dos teus carinhos, docemente.
 
Aflora-me o desejo a paisagem,
Do corpo teu desnudo em minha frente.
Mas quando te procuro estás ausente.
No fundo eu sei que é sonho, é só miragem.
 
Porém nessa miragem me lambuzo,
E deixo-me levar em teus abraços,
Na imagem de nós dois em pleno amor.
 
Quimeras, devaneios que produzo,
Por desejar-te aqui junto ao meu lado,
E não no imaginário desse ardor.
 
Edith Lobato - 10/07/13


20 comentários:

  1. Qué maravilha, minha meiga da peosía, linda irmã do coração!
    Bravo por uma máis belissima obra. Obrigada por compartilhar. Beijos com toda minha alma desde Gran Canaria - España até o Pará em Brasil. Adoro vocè.
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada mi queridíssima amiga, teu comentário é must para mi alma. Besos desde meu Pará in Brazil para Gran Canaria - España.

      Excluir
  2. Beleza pura! Amei


    Beijos, bom Domingo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia querida, obrigada mais uma vez pela leitura, ando ansiosa para ler os blogs amigos, mas ainda estou com o tempo apertado. Bjs

      Excluir
  3. EDITH LOBATO,

    seguindo você aqui também.

    Sabe, se falam de amor, falam comigo.

    E você sabe falar dele.

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paulo, feliz com tua leitura. Amo falar de amor, do meu amor, para o meu amor.

      Excluir
  4. Linda e sempre bem inspirada,Edith! Adorei! bjs,chica

    ResponderExcluir
  5. um soneto onde o amor é inspiração para a Poeta

    beijinho

    :)

    ResponderExcluir
  6. Com certeza, Piedade. Obrigada. Boa semana. Bjs

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Edith.
    Que linda poesia, o seu amor receber um poesia tão linda deve se sentir orgulhoso da mulher tão sensível que tem ao seu lado Li a sua resposta ao comentário de Paulo Amo falar de amor, do meu amor, para o meu amor. Achei lindo.
    Uma semana abençoada para você e seu amor.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mirtes, feliz com teu comentário tão carinhoso, obrigada, também te desejo uma semana abençoada.

      Excluir
  8. Muito linda sua poesia.
    Falar e sentir o Amor é um dádiva, bom demais amar!
    Um abraço cara amiga Edith.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Maria Tereza, sentir o amor pulsar na vida, é uma dádiva. Obrigada pela leitura. Bom demais receber-te aqui. Boa tarde.

      Excluir
  9. Belíssimo!!

    Beijoo'os
    flores-na-cabeca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Simone por teu grande carinho. Uma linda tarde.

      Excluir
  10. Lindo isso Edith
    E é o nosso momento mais livre _ o pensamento ,podemos voar por onde quisermos, sem restrições. rs
    Lindo poema .Parabéns .
    Te abraço e desejo boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lis por teus comentários e leituras. Amei. Boa noite querida.

      Excluir
  11. Doce é o Amor.
    Magnífico e belo Soneto.
    Amei.
    Parabéns.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sol por tua apreciação e leitura. Boa tarde.

      Excluir

Agradeço sua visita, leitura e comentário. É um prazer tê-lo em Sons do Coração. (Edith Lobato)